Curso

Iniciação em programação python para análise de bioinformática

23 set | 19:00 às 21:00
24 set | 19:00 às 21:00
25 set | 19:00 às 21:00
Inscreva-se

Aprenda sobre os principais elementos utilizados durante a programação Python e como empregá-los na construção de pequenos scripts de manipulação e análise na prática da bioinformática. Este curso é indicado para alunos que possuem conhecimentos básicos em biologia, porém, pouco ou nenhum conhecimento em programação. O curso dispõe de:

  • Aulas teóricas e práticas realizadas via Zoom;
  • Práticas com dados reais de análises clínicas;
  • Turma reduzida;
  • Além dos docentes, monitores disponíveis para sanar dúvidas e auxiliar em todo o processo prático;
  • Material de apoio disponível em pdf e acesso as gravações das aulas.

Ao final do curso, o aluno deverá ser capaz de entender e propor uma solução de um problema programável, compreender as principais estruturas básicas de um código escrito em Python, instalar e utilizar bibliotecas do python, ser capaz de abrir e ler um arquivo de forma adequada, implementar um conjunto de instruções python para a manipulação e edição de dados.

Não tem por objetivo a formação de um profissional totalmente apto a exercer as técnicas de bioinformática no dia-a-dia, pois entendemos que existem cursos mais avançados e com carga horária adequada ao desafio (cursos de especialização e pós-graduação, por exemplo). Não obstante, este curso visa capacitar os alunos como ponto de partida para estudos mais aprofundados de bioinformática e cursos práticos futuros, sendo o aluno capaz de transitar entre a área clínica e de bioinformática.

Público-alvo

Alunos de graduação, profissionais da saúde em geral ou qualquer estudante que planeja seguir na área da bioinformática com pouco ou nenhum conhecimento de programação Python. Entre estes, estão incluídos analistas de laboratório, aspirantes a bioinformatas, biomédicos, enfermeiros e médicos. Ao final, estes profissionais devem ser capazes de entender os componentes básicos da linguagem de programação em python. Além disso, espera-se que sejam capaz de realizar pequenos scripts que os auxiliem a analisar informações biológicas com o auxílio da programação voltada para a área de bioinformática.

Programa

Carga horária: 06 horas de aula teórica-expositiva com atividades práticas/demonstração. A programação será como segue:

DIA 1 – Introdução à programação em python: Lógica e condicionais

  • 20m – Teórico: Introdução ao python com uso aplicado na bioinformática.
  • 50min – Teórico-prático: Entendendo a lógica de programação.
  • 50min – Teórico-prático: Condicionais e Loop

DIA 2 – Estrutura e leitura de dados

  • 1h – Teórico-prático: Variáveis, listas, dicionários, tuplas, sets
  • 1h – Teórico-prático: Introdução a bibliotecas, ler arquivos e dataframes.

DIA 3 – Manipulando informações

  • 1h – Prática guiada: Manipulando arquivos
  • 1h – Prática guiada: Manipulando sequências

Conteúdo

  • Introdução à programação em python: Lógica e condicionais

Nesse módulo, será focado a introdução ao conceito de lógica de programação. O módulo será composto de teoria e pequenas atividades que convidam o aluno a pensar, em primeira instância, de forma a resolver pequenos problemas.

  • Estrutura e leitura de dados

Nesse módulo, o aluno terá o primeiro contato com as estruturas bases do Python. Além disso, irá aprender as principais formas que o Python acessa as informações de um arquivo.

  • Manipulando informações

Nesse módulo final, o aluno irá praticar com dados reais de análises clínicas, dois principais casos: a manipulação de arquivos utilizando o Python, e a manipulação de sequências de DNA através do Python.

Docentes

  • Livia Maria Silva Moura, Msc

Bioinformata no Hospital Albert Einstein, a qual compõe o corpo de pesquisa e inovação do Varstation. Atua a frente na geração e aprimoramento de ferramentas e na compreensão e solução de demandas particulares de bioinformática. Graduada em Biomedicina pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM), mestre e doutoranda em bioinformática pelo programa Interunidades em Bioinformática da Universidade de São Paulo (USP) com parte de sua formação pela Universidade de Berkeley – Califórnia/EUA. Possui experiência com genética humana, metagenomas, curadoria genômica e análise de dados.

  • Gustavo Oliveira, Msc

Bioinformata no Hospital Albert Einstein; compõe o corpo de pesquisa e inovação do Varstation, atualmente desenvolvendo pipelines para análise de variantes em genomas e gerando análises in silico de rotinas clínicas. Graduado em Biotecnologia pela Universidade Federal de Uberlândia e mestre em Bioinformática pelo programa Interunidades em Bioinformática da Universidade Federal de Minas Gerais. Possui experiência em genômica de procariotos, metagenômica e montagem de genomas.

As vagas são limitadas! Inscreva-se agora